domingo, 25 de janeiro de 2015

O tempo...

Só agora me dei conta de quanto tempo levei sem postar nada aqui neste Blog que me é tão especial.
O tempo é tão sutil que quando nos damos conta ele chega e vai sem ao menos percebermos.
Neste Blog eu fui contando quase que diariamente a minha jornada rumo a cura contra dois Cânceres distintos. Foi um excelente momento de minha vida, embora algumas pessoas achassem que eu não estava em plena consciência do fato... Sim eu estava e a única chance pra mim era lutar como um animal acuado e foi assim.
Foquei toda minha força na cura. Não li, vi, pesquisei ou questionei quanto à doença, mas como poderia me livrar dela, sim era isso que eu queria: me livrar dela, desgrudar de mim aquilo que não me pertencia e assim deve ser a vida. Por vezes nos deixamos impregnar por situações adversas, por coisas que tentam enfiar goela abaixo em nós... São tantas mídias querendo nos fazer sentir ora fracos ora guerreiros.
Já não se conversam mais, já não falamos olho no olho, não choramos juntos e nem rimos...
As pessoas curtem um comunicado de falecimento nas redes sociais, compartilham tragédias e cenas absurdas como se antes nada disso existisse!
A droga existe, a violência contra mulher, criança, idoso... a corrupção, o voto vendido...tudo isso sempre existiu e não mudou... o que mudou e é o que me assusta é a nossa acomodação perante tudo isso...nos acostumamos com isso e não queremos discutir, ser desagradáveis, bloqueados/excluídos.
O tempo passa e não percebemos que ele não volta mais! #fato
Me assusta as relações humanas via tecnologia, pois a linguagem, em especial a escrita é o que registra a nossa passagem pelo mundo. É o que conta a nossa verdadeira "história".
Banalizamos tudo!
Percebi que ao longo desse tempo entre a notícia dos Cânceres, quimioterapia, exames, cirurgias, tratamento e tudo mais as pessoas encontraram um tempo para mim...um tempo para refletirem e o mais engraçado eu percebia em alguns olhares a expressão de dever cumprido - "Se Katia morrer, eu pelo menos fiz uma visita!"
Haja visto que dada a notícia da cura... muitos sumiram instantaneamente!!! Claro e óbvio que a vida segue e o mundo não gira em torno de minha pessoa e muito menos de dois Cânceres... Tem mais o que fazer, como se diz! 
Realmente! Temos muito o que fazer. Sermos mais amigos, presentes na vida mesmo que via web é uma dessas coisas que precisamos fazer!
Mas a vida volta ao normal... e o tempo não perdoa nada e ninguém...ele é implacável!
Há um tempo atrás você ia até a casa de alguém e ela sempre estava disponível, mesmo com filhos, cachorro, passarinho , papagaio e tal...Hoje se você fizer isso a pessoa fica chateada de receber uma visita de última hora... Porque hoje se expõe tanto a vida ou uma vida fictícia que ser pego de surpresa põe por água abaixo tudo aquilo que se postou por aí. Todo aquele castelo de areia... 
O tempo é algo que precisamos nos acostumar a priorizar... porque nunca mais teremos uma segunda chance para se fazer uma primeira boa impressão do que realmente somos.
#dicadodia O MUNDO MUDA DE CENA EM MENOS DE UM SEGUNDO #fatoreal

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Voar...

Quase uma hora de um início de domingo...
Muito calor e o céu estrelado me convida a viajar por entre lembranças e sonhos.
Já não escrevo com a mesma frequência de antes... já não tenho mais o tempo do meu refrigério, sim para muitos poderia ser o fim, mas para mim... foi apenas uma pausa do mundo, de mim... um recomeço.
O mundo muda de cena em menos de um segundo... a cada segundo, definitivamente!
Ouço Nikka Costa numa tentativa de reencontrar meu Eu mais bucólico... a minha essência... o que eu tenho de melhor: a minha simplicidade, meus sonhos, minha poesia, meu romantismo, uma quase ficção... Talvez uma versão de mim ou seja eu hoje uma versão daquela Katia.
Já não sei quem somos ou se somos duas em uma ou uma dividida...
As noites passam e elas me acompanham como naquela varanda do meu prédio onde sonhar fazia parte do meu encantamento.
Nunca achei que seria fácil, nunca, mas viver por vezes é difícil... é de uma responsabilidade grande.
As noites me envolvem como que nesta bela canção que ouço, onde diz:


"You gave me wings to fly

Now I can touch the stars
But I now I could not survive"

"Você me deu asas pra voar
Agora eu posso tocar as estrelas
Mas eu sei que não poderia sobreviver"

E assim nesta bela canção que ouço sem parar meu Eu, meu espírito baila pela imensidão... por esta dimensão ao qual alguns de nós pode apreciar... Essa dimensão que nos afasta e aproxima... que nos faz retornar e ir além...
A vida seria um instante aqui aprisionados numa prova que parece se exceder no tempo, mas um tempo que parece breve...
Saudades deixadas ao chegar...saudades deixadas ao partir.
Mas a vida segue seu rumo e o essencial é não nos perdermos de nós mesmos... É retornar a cada instante...mesmo que seja através da dor, da música...
Já não tenho aquele tempo da quimioterapia que teve um efeito muito mais na alma do que no corpo... lavou, curou...
Assim como as lágrimas nem sempre traduzem a tristeza, às vezes elas só lavam o que ficou empoeirado.
Olhar pra si e ver o que você tem de melhor é chegar bem próximo da felicidade...
Porque a felicidade não é uma constante...
E porque sempre... sempre... sempre O mundo muda de cena em menos de um segundo.







segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Convocação...

É o mundo muda de cena em menos de um segundo!
E isso é que faz a vida acontecer...
As sacudidas da vida precisam nos dizer algo e para isso precisamos questionar o para quê? E não Por quê?
Quando mudamos o questionamento aceitamos os desafios, olhamos pra ele cara a cara e a luta começa de dentro pra fora...
E de nada adianta a luta se não internalizarmos isso... Há uma razão para tudo! Uma razão de outrora que nos impulsiona para um aprendizado... Um aprendizado no nosso mais profundo Eu e é uma luta em que precisamos ser Gigantes para enfrentar, porque ela é nossa e demais ninguém... Ela é o solo do espetáculo, a cereja do bolo... Não é egoísta, não é isso que falo...
Falo dos Cânceres, sim.. essa é e sempre será a maior guerra que participei, a maior luta que travei com um inimigo de porte! Todo o resto de dificuldade, dor e tudo mais é nada mediante a essa experiência!
O Câncer chega sorrateiramente e te dá aquele bote!
É uma luta de disciplina como os sábios orientais fazem... Como são disciplinados!
É uma luta de equilíbrio... De dedicação total à você!
Um combate as cegas!
E você vence. Vence porque o seu Exército é composto por grandiosos guerreiros que montam estratégias perfeitas, mas você precisa por em prática!
E tudo passa, porque na vida tudo passa... Essa própria vida uma hora passará e estaremos nessa bailado do ir e vir... E por isso é preciso questionar e compreender o para quê?
De repente ao seu redor casos e mais casos de Câncer... Pessoas que estavam ali tão bem... são convocadas a essa dura lição... Dura para uns e fáceis para outros!
Pessoas se vão porque não conseguiram compreender que é preciso passar por essa experiência!
Pessoas se vão porque era com essa lição que seriam promovidas ou reprovadas!
Pessoas se vão porque é hora de ir!
Mas o mundo muda de cena em menos de um segundo e no último instante há uma chance de ficar e fazer a diferença, ser a diferença...
Chega a hora de repetir a lição ou de ser chamado para ela sem nem mesmo imaginar a convocação...Tudo parecia tão perfeito...
Quando passamos por essa lição e por mais que nossa nota tenha sido a máxima... A qualquer hora poderemos ser chamados para mais uma prova ou para "mostrar" que ela é fácil...
Poderemos ser chamados para refazê-la e assim ser um modelo de que é possível ser aprovado, sim é possível ser aprovado, mas como toda avaliação ficamos inseguros se repetiremos a nota. Ficamos tensos e por vezes temerosos... Será que iremos falhar?
E depois dessa lição é como se fossemos a qualquer momento escalados para mais uma batalha...
E fica sempre a sensação de estarmos no banco de reservas, só que não temos vontade de sermos chamados!
Mas de repente ao nosso redor naquele banco, naquela fila nossos amigos são chamados para mais uma partida...
Uns vão com força e garra, mas o seu tempo acabou e fica por aqui a lembrança de ter feito o melhor que podia e a certeza disso é o grande segredo...Como meu Amigo Vinícius Duarte!
Outros são chamados novamente e se lançam mais uma vez ao inusitado, ao novo...cada ataque, cada partida é única... e vencem a guerra com um grito coletivo de "Graças à Deus!" Mais uma vez venceram!!! E são exemplos!!! Não é Carla D'Lourdes!???
Outros são escalados para mais uma partida e lá se vão e não podem desanimar porque existe um coro de preces gritando o seu nome e isso é alimento para alma, antídoto para essas células oportunistas... Vera Laidens estamos contigo, mas é preciso que você também esteja contigo mais e mais... É um momento quase que egoísta porque  o mundo não pára para olhar nossa batalha... muitos se refugiam amedrontados, outros se alistam, se voluntariam, mas o nosso mundo tem que parar para traçarmos estratégias, afinal é uma guerra injusta... e é preciso todos os sentidos voltados para ela... O seu exército tem poder!!!
Para outros o Câncer chega atropelando uma vida que estava arrumada... Casa, marido, filho... trabalho... juventude... dá um medo, mas ele tem que passar porque o medo gera insegurança e insegurança gera tristeza, dor, mágoa, questionamentos sem respostas imediatas...
O Câncer chega aterrorizando uma família que acaba de nascer, mas que é forte nas experiências vividas... Há uma razão, um motivo que pode parecer fácil para quem está de fora ou para quem venceu... Mas o para quê não pode deixar de existir... O acreditar na vontade Suprema e nos render a Essa Força é tudo!
Não se deixe levar pelos pensamentos de medo... Eles existem e não podemos ignorá-los, mas não podemos alimentá-los porque eles darão lugar a uma força jamais conhecida...
O Câncer chegou, mas ele vai passar Letícia Nascimento... acredite com toda sua força... E Augusto cantará para você nas Festinhas Escolares e tudo isso serão lembranças e você terá um novo olhar para tudo o que estará vendo.
Quando vejo meus Amigos vivendo e revivendo as lições do Câncer não pensem que por segundos não me bate o medinho de ser chamada mais uma vez para a lição! Sim, tenho medo, mas logo penso: Se Deus chamar meu nome eu vou e confiarei Nele e no meu poderoso Exército!!!
O Câncer te deixa num estado eterno de alerta!
É como se você tivesse vivido a vida inteira com várias "bomba relógio" dentro de si e de repente alguma pode ser ativada e daí a contagem regressiva para desativá-la... Onde o especialista em Bombas é você e Deus... Ele vai te dando as instruções e você juntamente com seu Oncologista e equipe vão usando as ferramentas corretas para cortar o fio certo e parar tudo...
Algumas pessoas se tornam o "próprio homem bomba" recusando as instruções e apenas esperando a contagem acabar e a bomba explodir...
Mas somos especialistas, somos técnicos, somos ouvintes e fomos aprendizes... Não podemos desconfiar, desprezar ou esquecer as Lições do Mestre Maior...
Letícia e Vera! ACREDITEM!!!!
Vocês estão em minhas preces, em minhas reuniões de toda terça feira de 18:35 até 19:50 intensamente!!!
Assim como meu Amigo Vinícius Duarte e Carla D'Lourdes e eu claro!
Logo estaremos compartilhando e auxiliando porque a nossa estória merece ser compartilhada, acompanhada e vivida em comunhão com aqueles que nos amam e amamos!
Logo o mundo mudará de cena! E nós estaremos nele!
O Exército foi convocado, a prova está pronta... só resta responder!
E a nós torcermos muito!!!

























domingo, 1 de dezembro de 2013

O Ballet da vida...

Só agora me dei conta de que não escrevo há um bom tempo aqui nessas páginas!
O tempo passa... o tempo voa e isso é uma máxima. E se tudo passou, como tudo na vida passa, eis aqui eu a relatar mais um momento pós Cânceres... Porque a vida continua e tudo é aprendizado!
A emoção de ver o resultado de alguns meses foi maravilhosa...
Ver a minha filha Maria Eduarda dançando o "Espetáculo: A fada que tinha ideias" foi de muita emoção e quem me conhece sabe o que digo...
Sempre disse que queria ser "também" Mãe de menina e Deus em sua INFINITA BONDADE contemplou-me com esse Tesouro Maior antes do que estava por vir... Pois ser Mãe de dois meninos tão diferentes e de um aprendizado tão enobrecedor já era um presentão!!!
Queria ser Mãe de uma menina e uma Mãe como outras... essas do tipo clássica...que faz penteados... né Marcia e Aricya!??? Dessas que fala de moda, de cores e combinações, mas dessas que vão ao Ballet... Não pelo status do Ballet, mas pela sensibilidade, pela essência natural e de bondade que se há de ter para se dedicar, se envolver e amar o Ballet...
Nunca quis ser Bailarina... gosto de dança e até penso em arriscar uns sapateados em breve hehehehe
Mas uma pessoa má, materialista, insensível não fica no Ballet...ela simplesmente passa por ele, pois a Arte no geral, movimenta o que há de mais puro e celestial, mais divino e delicado no ser!
A Arte nos leva aos mais diversos cantos do mundo...Do mundo do Eu interior... A poesia, a música, a dança, enfim, tudo isso precisa de muito mais do que técnica, pois técnica se aprende, mas a essência é essência... Ou você tem ou não tem!
E ao descobrir os Cânceres e pela gravidade da situação eu nunca havia pensado ou me lastimado com Deus por que EU! E sim: Para quê??? Qual o objetivo??? E que fosse feito a Sua vontade. E entre esses papos com o Criador eu disse: "Pô, será a maior sacanagem eu morrer agora, logo agora que acabei de ter uma filha e só fiz a festinha de 1 ano!!! Ainda nem levei as aulas do Ballet, não vi a primeira apresentação! Não falei de cores, moda, da primeira menstruação, dos namorados... Não fiz a Festa de 15 anos!!!! Puxa! Sacanagem!!!"
Mas surpreendendo à todos... Eu sobrevivi e levei Maria Eduarda ao Ballet, depois de ver seu interesse por dança... E como ela dança: no chuveiro, para sentar no sofá, para andar de um lado para outro, para subir e descer escada...tudo tem uma música e um passo... Pliê e pontinha... recorde de audiência!!!
E ontem vi a sua primeira apresentação no Teatro AMF/Unimed... Sensacional!!!!!
A emoção de ver um dos meus pedidos atendido foi de levar-me as lágrimas antes mesmo da cortina abrir...
Ver uma estória tão forte como essa... Uma estória que fala da criatividade, da liberdade de expressão... Uma estória ao toque de músicas para ouvir, passos delicados na pontinha, falas de se admirar tamanho domínio de palco e apropriação da personagem pela bela e talentosa Letícia... Menina: PARABÉNS!!! O duo Lilian e Letícia!? Lágrimas...
E PARABÉNS para cada uma delas!!!!
Um entrosamento entre as meninas!!! Sim, todas meninas aos olhos Maternais de quem ama ser Mãe como eu... de alguém que pediu à Deus apenas mais tempo para ser Mãe, nada além!
E ontem o Teatro foi pequeno para tantas preces de agradecimento...
Havia uma estória muito além da Fadinha que tinha ideias... 
Era a estória da Maternidade, da Vida, do Amor, da Arte, da Dança... A minha estória!
E como se não bastasse tamanha emoção ainda encontrei com minha querida e inesquecível Professora de Português da 6a série Elizabete ( não lembro se era assim ou com s ou com th), mas foi tão bom! Tão emocionante revê-la depois de mais de 30 anos! Me senti com aquela idade, naquele tempo...acolhida, amada... admirando aquelas aulas, aqueles poemas... Os livros extra classe, poesia!!!!
Pessoas marcam as nossas vidas e nem sabem como... Não dimensionam o quão foram construtoras do que somos hoje.
E eu sou abençoada, muito abençoada... As pessoas colocadas na minha estrada, ao longo do meu caminho foram escolhidas a dedo por Deus!!! Nenhuma foi melhor ou pior... Cada uma imprescindível e essencial para a minha evolução!
E ontem durante o espetáculo eu só pude agradecer, chorar e registrar em minha memória cada cena!
Obrigada meninas Bailarinas... Obrigada Lilian Mattos... OBRIGADA!!!!
E até o próximo espetáculo... porque o Mundo muda de cena em menos de um segundo!













sábado, 2 de março de 2013

Katia... O Retorno!

Depois de muito tempo sem escrever no Blog, eis que retorno... não porque a doença voltou ou porque não queria escrever, mas sim porque a vida voltou ao normal, claro que com mais coisas a fazer, afinal são três filhos, uma casa para cuidar, marido, doutrina espírita, amigos e médicos, muitos médicos e exames , além de administrar a minha empresa "celokati" e confeccionar os produtos, mais levar para Ballet...natação...fono... E tudo mais hehehehehe
A vida depois de dois Cânceres não é mole não!
São remédios... E eu só tomo dois Arimidex e Fluoxetina... Imagina se fosse mais!?
A correria é grande, mas eu adoro essa vida...
Estou num momento muito feliz onde eu descobri na minha empresa o meu rumo... Não que a Profissão Professora não seja um sonho... Amo ser Professora!
Mas no momento estou onde deveria estar e estou bem.
Às vezes acreditamos que precisamos de títulos, de muitos trabalhos, de posições específicas, mas a Paixão e o Amor devem ser o ingrediente principal para o sucesso e o sucesso nem sempre é o dinheiro, embora precisamos dele para viver e viver bem não é ter coisas em excessos...
Bom gosto, sim eu tenho, porém, não é a marca que me traduz, mas o que sou e penso e faço.
Então, fazer os artesanatos, ser artesã, ter a minha empresa e em breve o meu Ateliê são coisas que preenchem o meu Eu!
E os títulos??? Os diplomas????
Ah! Esses eu guardei na gaveta dos meus arquivos e lá estão e ficarão até que eu precise deles para alguma coisa...
Por enquanto o que aprendi convivendo com as pessoas desses cursos foi essencial para o meu crescimento. O lado humano e afetivo é o que precisamos para fazer bem.
E quanto aos Cânceres!?
Esses estão bem longe de mim... Ontem fiz o último de uma bateria de exames e tudo OK!!!!! OK!!! OK!!!
Ressonância, Tomografia, Ultra abdominal e pélvica, Mamografia, ultra da mama, sangue com marcadores...
Tudo OKKKKKKK!!!!!!!
E assim a vida segue!
Assim vamos caminhando e olhando para trás porque não podemos esquecer as experiências vividas, não podemos nos esquecer de tudo que vivemos, mas passou e passou rápido... agora são só lembranças... E digo, boas lembranças...
Basta acreditarmos no nosso potencial. Ter Fé e enfrentar de peito aberto com cara e coragem!
Porque sempre... "O mundo muda de cena em menos de em segundo!!!"

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Festejando a vida!

Hoje como tantos outros dias de minha vida é um dia especial. Sou do tipo que acredito em tudo e em todos até que o contrário seja dito ou feito. Sou uma pessoa de muita fé, ânimo, alegria, disposição e Amor à vida, aos Amigos ( de verdade), as minhas tarefas, as coisas que faço...
Semana passada, dia 04/08/2012 foi um dia feliz, pois estava completando um ano de minha última cirurgia... que era a mais temida...Um ano que Deus renovou o meu tempo aqui... Um ano que nasci novamente.
E amanhã uma semana depois completo mais um ano de vida, um ano aqui...
Farei 44 anos e eu não tenho nenhum problema em divulgar idade...gosto dela...adquirir com trabalho esses anos hehehehe
Sou bem resolvida nesta questão...não disfarço e nem escondo... É isso aí 44 anos! Huhuuuu!
Gosto de mim, das minhas estrias, das minhas celulites, das cicatrizes que hoje trago no corpo... 
Trago todas carregadas de estórias... são 5!
Na verdade só aparecem 4: 2 no mesmo local, por isso 1... para o primeiro e segundo parto; mais 1 para o terceiro parto; 1 para a quadrantectomia e a outra para a histerectomia... amo todas!
As do parto porque trouxeram vida para a minha vida e as outras duas recentes pelo mesmo motivo...trouxeram vida!
Amanhã é um dia mega especial não muito diferente de todos os outros 364/365 dias do ano...quem me conhece de verdade sabe que amo a vida, pessoas, falar, fazer, ser... amo viver! E por isso achava uma sacanagem a suposta possibilidade de morrer tão cedo...caraca, eu ainda tenho muito o que aprender, muito o que fazer, falar...
Não tinha medo de morrer, como não tenho, mas faltava e falta muito para fazer...
Não vi minha filha dançando Ballet!!!
Não vi meu filho sendo Arquiteto, o seu grande sonho!
Não vi meu outro filho sendo um inventor!
Não tomei chá da tarde com minhas Amigas lembrando da juventude!!
Ainda não fui Vó!!! Como minha Amada Vó foi um dia!
Ainda não fiz Bodas de Prata e e nem de Ouro com meu Amado!
Ainda não tive meu jardim de margaridas, meu cachorrinho, meu quintal...
Ainda não ajudei ninguém! Não fui caridosa como gostaria de ser!
Ainda não trabalhei o suficiente!
Não eduquei meus filhos!
Não pratiquei...
Mas amanhã é um dia de agradecer segundo a segundo...
Quem convive comigo sabe que amo tanto esse dia que desde que me entendo por gente espero chegar dia 11 acordada...só durmo depois de meia noite, faço uma prece, agradeço a Deus e aí sim posso dormir em paz, meu niver chegou...eu cheguei!
E acordo o mais cedo possível para aproveitar muito!
Como fiel Leonina e fiel mesmo! Com todos os defeitos e virtudes! Eu adoro o dia, adoro ser lembrada, se tiver presente AMOOOOOOO, mas se não tiver e eu for lembrada eu fico FELIZ!!!!
Saber que alguém parou tudo para me ligar, escrever algo, vir me ver... nooooossa é apoteótico!!!
Algumas pessoas colecionam coisas, não as julgo...eu também tenho alguns guardados hehehehe... Outras pessoas viajam o mundo, colecionam postais, jóias, sapatos, dólares, imóveis e tantas outras coisas...
Eu coleciono estórias!!! Estórias vividas com Amigos... Esse é o meu maior Tesouro! Minhas lembranças da vida... minhas lembranças com aqueles que tanto AMO!
Todo dia é um dia feliz! Basta ver que O MUNDO MUDA DE CENA EM MENOS DE UM SEGUNDO!!!
FELIZ ANIVERSÁRIO PRA MIM E PRA VOCÊ TAMBÉM!!!!!
FELIZ !

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Voltando...

Aos poucos o ritmo vai voltando ao normal e depois da Tsunami a sensação que vai dando é de um vazio... algo muito doido, porém, segundo a própria psicóloga que nos acompanha, tudo isso é normal...
Já estou sentindo falta da quimioterapia. SIM!!! Já começo a sentir falta daquela rotina tão calorosa, tão acolhedora...
Talvez por não ter sentido os efeitos colaterais da química agindo em meu corpo.
O cheiro do lugar, a paz, as pessoas... tudo lá me dá uma tranquilidade, uma serenidade tão grande... que sinto falta, sinto saudade...
Parece loucura, mas é isso que sinto!
Ficar ali é saber e agradecer sempre, segundo a segundo por todo auxílio, por toda benção recebida....
É o meu lugar de cura!
A vida é tão corrida e às vezes é preciso uma brecada dessas para desacelerar, ver novos horizontes...rever a vida...
É tão difícil viver sem se contaminar, mesmo que por pouco tempo...mais dia menos dia teremos contato com algumas doenças...Digo doenças da alma... que são mais difíceis de curar...
Vencer nossos medos, desafios, nossas más inclinações... tudo isso é muito difícil!
É uma verdadeira luta... uma constante, duradoura e intensa luta conosco... com nossa consciência!
E não podemos nos enganar... achamos que sim, mas não podemos!
É difícil viver...
É difícil querer ser ético, bom, generoso...mas não impossível... eu diria t r a b a l h o s o !!!
Tem horas que dá um cansaço, mas é preciso ir em frente... 
Não podemos desanimar... a vida é assim feita de desafios, perdas, frustrações, erros...acertos...
A vida é uma grande escola, lições diárias, provas constantes...
É hora de erguer as velas!
A reta final da quimioterapia vai chegando e o que eu tenho a dizer sobre tudo isso é que:
FOI MARAVILHOSO, FOI UM EXCELENTE APRENDIZADO, UMA DAS MELHORES EXPERIÊNCIAS QUE VIVI... 
FOI UM PRESENTE DE DEUS!!!
Obrigada, Senhor!
Porque o mundo não para e ele muda de cena em menos de um segundo!